NiTfm live

Na cidade

O Rei Leão está a chegar ao Zoo de Lisboa

Espaço vai ter um dia especial dedicado ao rei da selva, com atividades e eventos inspirados no animal e no filme.
Foto de Carlos Nunes, do Zoo de Lisboa.

Hakuna Matata: viver a vida sem preocupações. No próximo sábado, 10 de agosto, chova ou faça sol, só tem de interiorizar este mantra e ir ao Jardim Zoológico de Lisboa. É que ali vai acontecer um dia especial dedicado ao rei da selva, com atividades e eventos inspirados no animal e no filme cujo remake é já o maior sucesso de bilheteira do ano.

A 10 de agosto celebra-se o Dia Mundial do Leão e o Zoo de Lisboa decidiu assinalar a data juntando-se à WAZA (Associação Mundial de Zoos e Aquários) e à Disney’s Animal Kingdom. O objetivo? Desenvolver atividades para marcar a efeméride e promover a conservação do Rei da savana e das restantes espécies que nela habitam.

25 anos depois da estreia do primeiro “Rei Leão“, muito mudou na natureza, lembra o Zoo: metade da população de Leões-africanos extinguiu-se, e continua em declínio nos dias de hoje. São números impressionantes que alertam para os problemas crescentes que as
espécies enfrentam no seu habitat natural.

A caça, diminuição de alimento e perda de habitat, são algumas das ameaças a que as espécies estão expostas. Apesar de ser alarmante o ritmo ao qual as populações de leões estão a decrescer em habitat natural, os cientistas acreditam ainda ser possível reverter esta tendência. 

Com tudo isto em mente, no sábado dia 10 Simba, Nala e Mufasa, Rafiki, Ed, Shenzi e Banzai, Zazu, Timon e Pumbaa, alguns dos personagens mais conhecidos do filme e que representam, respetivamente, leões, mandris, hienas, calaus, suricatas e javalis, vão servir de inspiração para diversas atividades que prometem divertir e sensibilizar os visitantes.

Pode encontrar momentos de enriquecimento ambiental, encontros com biólogos, mostras de materiais zoológicos e um espaço para desenvolver trabalhos manuais, entre outras.

Além das atividades de sensibilização, o Jardim Zoológico promove ainda uma recolha de fundos para o Fundo para a Recuperação de Leões da Wildlife Conservation Network, projeto reconhecido pela WAZA e suportado pela Disney’s Animal Kingdom, que tem por objetivo duplicar o número de Leões-africanos até 2050, restaurando deste modo a população inicial. Para contribuir, basta visitar o Jardim Zoológico neste dia, comprar o ingresso nas bilheteiras do Zoo, e 5 por cento do valor pago reverte para este Fundo de Conservação.

Os preços para entrar no Zoo de Lisboa começam nos 14,50€ para miúdos dos três aos 12 anos. Os adultos pagam 22€ e os seniores 16€. As crianças até dois anos não pagam.