Back in Town

Qual é o melhor sítio do País para ver a chuva de estrelas deste sábado?

Chama-se Perséiades, vai acontecer este sábado, 12 de agosto, e é o acontecimento mais importante deste fim de semana.

Esta chuva não tem nada a ver com o programa de talentos.

Não há nenhuma festa, ida à praia ou escapadinha que esteja no topo da lista de prioridades de diversão para os próximos dias. Pelo menos não quando vem aí uma autêntica chuva de estrelas.

“Todos os anos por volta do dia 12 de agosto, no seu movimento em torno do Sol, a Terra passa por uma região onde encontra o rasto do cometa Swift-Tuttle”, explica à NiT o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço. “Tal como um automóvel a passar por uma nuvem de mosquitos, a Terra será atingida por inúmeras partículas de pequena dimensão que irão colidir com a sua atmosfera.”

A aproximadamente 30 quilómetros por segundo, estes pequenos grãos de poeira vão desintegrar-se e deixar um rasto de luz no céu. Como estão a apontar na direção da constelação de Perseu, a “chuva” recebeu o nome Perséiades.

Agora que está dada a explicação do que é que vai acontecer no sábado, vamos a coisas práticas. Como é que vemos a chuva de meteoros, também conhecida por Lágrimas de São Lourenço? Comecemos pelas horas: o fenómeno decorre supostamente entre as 15 e as 2h30, no entanto a constelação de Perseu só vai estar acima do horizonte às 23h30. Esta é a hora que deve decorar, portanto.

Basta abrir a janela do quarto ou subir a um rooftop? Se estiver em Lisboa ou no Porto, não, nem por isso

Já falamos no quando, interessa agora sabor o onde. Basta abrir a janela do quarto ou subir a um rooftop? Se estiver em Lisboa ou no Porto, não, nem por isso. “Dado o carácter aleatório do fenómeno a melhor forma de o observar é a olho nu num local sem poluição luminosa e com ampla visão do céu. Dentro de uma cidade, devido à poluição luminosa, não iremos ver a maior parte dos meteoros.”

Espera-se a observação de cem meteoros por hora. O brilho da lua já deverá cortar esse valor para metade, se ainda estiver rodeado de candeeiros, prédios ou luzes dos carros ainda será pior. “Quem quiser ver o fenómeno deve deslocar-se para locais longe da iluminação publica e sem grandes obstáculos visuais.”

E então qual é o melhor sítio para assistir a este fenómeno? “Em Portugal um dos melhores locais será a região do grande lago da barragem do Alqueva, classificada como reserva de céu escuro — Dark Sky Alqueva”.

Carregue na imagem para conhecer turismos rurais e hotéis intimistas para ver a chuva de estrelas no Alqueva.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo