NiTfm live

Na cidade

Porto recebe trotinetes e bicicletas partilhadas — com estacionamento reservado

O objetivo é que esta mudança seja feita da forma mais ordenada possível, segundo a autarquia.
Já falta pouco.

A partir de 15 de março, um domingo, o Porto passará a ter disponível o aluguer de trotinetes e bicicletas. No total, são três os operadores que já têm licença para circular na cidade: a Bird, Circ e Hive.

Para que tudo seja feito sem prejudicar o dia a dia da população, a Câmara Municipal do Porto definiu lugares reservados de estacionamento para estes “modos suaves de transporte”. Vão estar devidamente identificados com marcações azuis no pavimento, que serão complementadas com sinalética vertical.

A localização de pontos de partilha é definida pelo município do Porto e é permanentemente atualizada no site institucional da autarquia, onde podem ser consultados o mapa interativo e a informação associada.

“Nos pontos de partilha é estabelecido um número máximo de veículos e os operadores têm de disponibilizar à câmara uma ferramenta para localização, em tempo real, de todas as trotinetes e/ou bicicletas. A recolha obrigatória dos veículos decorre entre as 22 horas e as 6 horas”, pode ler-se no site “Porto.”.

Este município decidiu primeiro estabelecer as regras para a utilização dos serviços de partilha, de forma a prevenir os possíveis problemas relatados, por exemplo, em Lisboa, em que estes transportes são deixados em qualquer lado, muitas vezes ocupando os passeios em que os peões circulam.

As marcações. // Foto de Miguel Nogueira.