NiTfm live

Na cidade

Durante as festas do Barreiro pode visitar o Moinho de Maré Pequeno até mais tarde

Entre 13 e 18 de agosto, há visitas gratuitas com horário alargado antes do início dos concertos.
A construção é do século XVII.

Chama-se moinho de maré por ser movido pelos movimentos da água, causados pela subida e descida da maré nos estuários dos rios. O Moinho de Maré Pequeno, no Barreiro, insere-se nesta categoria e é uma popular atração da cidade, construído durante o século XVII na zona ribeirinha.

Durante as Festas do Barreiro, que arrancaram na sexta-feira passada (9 de agosto) e decorrem até dia 18, vai poder visitar esta construção até mais tarde: dias 13, 14, 15 e 16 está aberto entre as 10h30 e as 21h30; e nos dias 17 e 18 (sábado e domingo), abre entre as 14h30 e as 21h30.  O horário habitual é de terça a sexta-feira, entre as 10h30 e as 17h30; e sábado e domingo, entre as 14 horas e as 19h30. As visitas são gratuitas.

As festas da cidade são organizadas em honra de Nossa Senhora do Rosário e contam com atuações de artistas como Cuca Roseta, Chico Moreno,  Emanuel, o projeto Deixem o Pimba em Paz, de Manuela Azevedo e Bruno Nogueira, Moonspell, Jimmy P, Bárbara Bandeira e DJ Kamala. Os concertos começam sempre às 22 horas.