NiTfm live

Na cidade

Quer ajudar a resolver o problema do plástico? Pode ganhar quase 1 milhão de euros

Desafio da National Geographic procura ideias, de qualquer pessoa e de qualquer lugar, para combater a poluição.
É um dos maiores problemas ambientais da atualidade.

As enormes quantidades de plástico produzidas no mundo, a dependência da população em relação a este material e a sua baixa taxa de decomposição (que, consoante o material, pode chegar a 600 anos) são alguns dos maiores problemas que o mundo enfrenta neste momento. Bem como a sua incapacidade de lidar ecologicamente com esses materiais e todo o impacto que isso está a ter nos mares e ecossistemas.

O que devemos fazer sobre isto? Como evitar que o plástico destrua o planeta? Estas são as perguntas mais frequentes e, tal como todas as boas ideias, podem surgir de qualquer pessoa, em qualquer lugar — e neste caso ainda podem ser premiadas por isso.

Em causa está o concurso “Ocean Plastic Innovation Challenge”, um novo desafio mundial que procura “soluções inovadoras” para reduzir a poluição dos plásticos em todo o mundo. Para explorar a criatividade e o conhecimento de todos os candidatos, a iniciativa pretende recolher as melhores ideias sobre o que fazer em relação à crise mundial do lixo plástico.

As candidaturas estão abertas a nível global para três áreas estratégicas: design de alternativas aos plásticos descartáveis; definição de novos modelos de economia circular, criativos e com desperdício zero; e comunicação da amplitude do problema de forma criativa e intuitiva.

E há prémios entre os dez e os 100 mil dólares (cerca de nove e 90 mil euros, respetivamente) para as melhores alternativas de embalagens de plástico, propostas de novos modelos de negócio e comunicação do problema. Existe ainda um financiamento especial de mais de um milhão de dólares, ou seja quase milhão de euros.

As ideias devem ser submetidas até dia 11 de junho, através do site do concurso, para serem analisadas por uma equipa de especialistas. O desafio resulta de uma parceria entre a National Geographic e a Sky Ocean Ventures, um fundo de investimento dedicado a projetos inovadores relacionados com a poluição dos plásticos.