NiTfm live

Na cidade

Papa anuncia que as próximas Jornadas Mundiais da Juventude vão ser em Lisboa

A novidade chegou este domingo, 27 de janeiro, a partir da Cidade do Panamá.
Já é oficial.

É oficial: Lisboa vai ser o cenário das próximas Jornadas Mundiais da Juventude, em 2022. O anúncio foi feito pelo Papa Francisco este domingo, 27 de janeiro, na Cidade do Panamá.

As expetativas eram altas e havia alguns indícios: os jovens portugueses que viajaram até lá tiveram direito a lugares privilegiados e vários responsáveis políticos, incluindo o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, estiveram presentes na cerimónia.

O Parque do Tejo e do Trancão, por baixo da Ponte Vasco da Gama, junto do Mar da Palha, foi o escolhido para acolher o evento e os milhares de jovens de todo o mundo que são esperados. Este sítio tinha sido apontado como uma das possibilidades logo na fase de candidatura.

Durante Conferência Episcopal Portuguesa, que decorreu depois da tão aguardada notícia, o Cardeal Patriarca D. Manuel Clemente confirmou que o local “é mais que provável” e que “até é uma imagem bíblica”.

Já o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, revela que a zona foi escolhida por ser “muito bem servida do ponto de vista de acessibilidades”.

O terreno, que está inserido na freguesia do Parque das Nações e ainda pertence ao concelho de Loures, é gerido pela Câmara Municipal de Lisboa. Foi criado na sequência da Expo 98.

As Jornadas Mundiais da Juventude foram inauguradas por João Paulo II, em 1985, depois de terem sido imaginadas na missa que deu três anos antes no Parque Eduardo VII, em Lisboa. As últimas edições têm acontecido a cada três anos.