NiTfm live

Na cidade

Os melhores arraiais do São João do Porto — e como chegar até lá

Isto é tudo o que precisa de saber para aproveitar a melhor noite do ano na cidade.
Noite de festa.

A maior festa do Porto é uma homenagem ao São João — apesar de a cidade ter outra santa como padroeira, a Nossa Senhora do Porto. Rivalidades entre santos à parte, a manifestação popular cheia de tradições e rituais contagia moradores e turistas e arrasta para a rua verdadeiras multidões nos dias que antecedem o feriado de 24 de junho.

Há bailaricos com música popular espalhados por vários locais do Porto, com comida tradicional, cheiro a sardinha assada, manjericos e martelinhos na cabeça. Além dos fogos de artifício, o lançamento de balões é outra das principais tradições dos festejos de São João. Por isso, o espaço aéreo do aeroporto Francisco Sá Carneiro estará encerrado temporariamente na noite de 23 de junho, a partir das 21h45 e até a uma da manhã do dia seguinte, segunda-feira.

Em entrevista ao “Jornal de Notícias“, o presidente da Comissão Distrital da Proteção Civil do Porto, Marco Martins, esclareceu que ao contrário dos anos anteriores, desta vez os balões de mecha acesa não estão proibidos.

Outra informação importante para quem vai comer, beber e dançar até de madrugada é que o Metro do Porto vai circular sem interrupções durante toda a noite de 23 para 24 de junho. O anúncio foi feito pela própria empresa no dia 19 de junho.

“A única exceção é a Linha Verde, que mantém o horário habitual e encerra à uma da manhã. A Estação Aliados, por motivos de segurança e dada a grande aglomeração de pessoas esperada na Avenida, estará encerrada entre as 21 e as 5 horas”.

A travessia do metro vai ser interrompida entre as estações General Torres e São Bento, entre as 23h45 e as 4 horas, por causa dos fogos de artifício no rio Douro. Entretanto, durante este período, a Linha Amarela vai funcionar regularmente entre o Hospital de São João e São Bento, no Porto; e em Gaia, entre Santo Ovídio e General Torres.

À espera dos fogos na ribeirinha.

Existe também a parte chata da festa: várias zonas da cidade terão o acesso condicionado durante várias horas. Segundo a Sociedade de Transportes Coletivos do Porto, as paragens da Cordoaria, Trindade, Praça da Liberdade, Batalha, D. João I, Carmo, Aliados, e, em Vila Nova de Gaia, na parte final da Avenida da República e acessos às pontes Luís I e Infante vão estar desativadas por causa do corte ao trânsito.

Em alternativa, a empresa irá instalar placas identificativas de paragem noutras zonas próximas. À semelhança dos anos anteriores, haverá “serviço contínuo entre o início da noite de domingo e a manhã de segunda-feira”.

A Sociedade de Transportes Coletivos do Porto informa ainda que “durante a noite de São João, as linhas 500 (a partir das 19 horas) e 904 (desde as 20h30) vão ser suprimidas, a 11M não efetua serviço e os elétricos param às 18 horas”.

E, agora, vamos à parte que mais interessa: onde serão as festas de São João, por datas e bairros.