Back in Town

O que provoca realmente este trânsito infernal na Arrábida

O que dizem os setubalenses, os proprietários, a Câmara Municipal de Setúbal e a GNR. A NiT tentou encontrar uma resposta para o que acontece aos fins de semana junto das praias.

Afinal o que é que se anda a passar? (Foto de João Campos)

A 15 de junho, feriado de Corpo de Deus, 30 condutores foram multados, cinco carros removidos e 12 bloqueados. Apenas cinco dias depois do início da época balnear, já se vivia o caos na estrada que dá acesso às praias mais famosas da serra da Arrábida — incluindo a Praia de Galapinhos, eleita recentemente como a mais bonita da Europa.

Na semana seguinte, mais precisamente no sábado, 24, o cenário voltou a repetir-se. A GNR realizou mais uma operação com aproximadamente 20 militares e o resultado foram 104 condutores multados, seis viaturas rebocadas e outras seis bloqueadas. Nem os carros dos nadadores-salvadores se salvaram, como a NiT relatou.

A situação não está fácil — tanto para quem frequenta habitualmente as praias, como para quem tem negócios na zona. Em entrevista à NiT, a grande maioria dos setubalenses refere que o prémio da praia mais bonita parece ter amaldiçoado a Arrábida. E enquanto alguns apontam o dedo à GNR e dizem que nunca se viu nada assim, outros saem em sua defesa: não nos podemos esquecer da vulnerabilidade da zona. Numa época em que o País ainda está de luto por causa do incêndio em Pedrógão Grande, um cenário semelhante na serra poderia ter consequências catastróficas.

Vamos por partes. Primeiro, é importante explicar como funcionam os acessos à Arrábida.

Quais são as opções para quem não quer levar o carro

Quando começou a época balnear, a GNR de Setúbal utilizou o Facebook para relembrar as pessoas que iriam regressar os condicionamentos no acesso às praias.

Maria das Dores Meira, Presidente da Câmara de Setúbal, também recorreu às redes sociais para comentar o assunto: “Lembre-se de que há transportes públicos para as praias da Arrábida. Não bloqueie o acesso aos outros”.

Então e que opções são essas? A pensar no drama dos estacionamentos, a Câmara Municipal de Setúbal lançou a campanha Arrábida Sem Stress, com opções de transportes públicos a partir de Setúbal e de Lisboa para a Praia da Figueirinha. Só.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo