NiTfm live

na cidade

Metro de Lisboa com composições a 85% em julho

Empresa confirma que a normalidade no serviço só começa a chegar a meio do verão.

Carruagens com espaço ainda vão demorar.

O Metropolitano de Lisboa confirmou, esta quinta-feira 3 de maio, que deverá ter 85% das suas composições operacionais no final de julho.

Depois de o ministro do Ambiente ter afirmado, em fevereiro, que as carruagens estariam operacionais no mês de maio que agora se inicia, o presidente do metro veio adiar as datas previstas para a reposição da normalidade.

Agora, segundo o “Diário de Notícias” citando a agência Lusa, a empresa confirma que há cerca de 20 composições com três carruagens avariadas nas oficinas do Metro à espera de arranjo e que as previsões sobre o estado do material circulante são de uma capacidade quase total em julho. 

“Desde janeiro de 2017 que a empresa se encontra a desenvolver os trabalhos necessários à recuperação do material circulante e da infraestrutura, estimando-se que, no final do próximo mês de julho, seja recuperada a disponibilidade operacional de 85% das composições constituintes da frota, o que permitirá à empresa dar efetiva resposta às atuais necessidades do serviço público”, reafirma o Metro.

A empresa voltou a lembrar que dificuldades económicas orçamentais contribuíram para uma redução significativa dos trabalhos de manutenção nos últimos cinco anos.