NiTfm live

Back in Town

Já se conhecem as medidas de segurança para a visita do Papa a Fátima

Francisco será o quarto Papa a visitar Fátima, a 12 e 13 de maio. Conheça algumas das medidas da operação.

Francisco será o quarto Papa a visitar Fátima.

A operação de segurança montada para a visita do Papa Francisco a Fátima é sobretudo da responsabilidade da GNR, mas todas as forças e serviços de segurança vão estar envolvidas. 

O Papa não vai parar um instante com encontros  agendados com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a 12 de maio, e com o primeiro-ministro, António Costa, no dia 13. Os anteriores Papas a estar em Fátima foram Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991, 2000) e Bento XVI (2010).

Assim, são muitas as medidas de segurança tomadas, desde um helicóptero com câmara para controlar o trânsito com uma câmara de alta definição, para controlar fluxos de viaturas e de peões em Fátima; 19 câmaras de videovigilância querem o santuário de Fátima quer na área envolvente; Portugal fecha fronteiras de 10 a 14 de maio e o controlo documental só será reposto entre a meia-noite de 10 de maio e a meia-noite de 14 de maio por razões de segurança. Tome nota dos pontos de passagem autorizados:

Valença-Viana do Castelo, Vila Verde da Raia-Chaves, Quintanilha-Bragança, Vilar Formoso-Guarda, Termas de Monfortinho-Castelo Branco, Marvão-Portalegre, Caia-Elvas, Vila Verde de Ficalho-Beja, Vila Real de Santo António.

  • Além do controlo do trânsito haverá 20 parques de estacionamento fora de Fátima, com capacidade para 18 mil viaturas ligeiras. Haverá também uma rede de 75 ‘transfers’ a circular em permanência para levar os visitantes dessas bolsas à Cova da Iria e depois no retorno até às suas viaturas. Os estacionamentos ficam em locais como a Loureira, já no concelho de Leiria, ou na zona do mercado de Ourém, mas também na pista do aeródromo da Giesteira, entre outros locais.
  • A GNR pede que se evite a A1 usando as alternativas autoestrada 23 (A23), autoestrada 13 (13) e o itinerário complementar 9 (IC9) e estradas nacionais.

Para os peregrinos, a GNR também lançou uma aplicação gratuita onde estes podem encontrar um rol de medidas para uma peregrinação segura.