NiTfm live

na cidade

Mar de lixo invade praia em Tavira

Vídeos da Praia Deserta coberta de plástico e pneus estão a circular nas redes sociais.
O areal está negro.

Plásticos, pneus e “lixo urbano” são a única coisa que os habitantes de Tavira têm visto na Praia Deserta, em Cabanas de Tavira. A situação está a ser vastamente partilhada na Internet: já há dezenas de vídeos a circular, bem como algumas petições para encontrar os responsáveis, noticia esta sexta-feira, 5 de abril, a “TVI24“. Os residentes falam em “crime ambiental”. 

Apesar de não existirem provas concretas, a empresa Docapesca é vista como a principal suspeita da deposição do lixo no areal, devido às dragagens feitas no rio Gilão, no final do ano passado, com a intenção de melhorar as condições de navegabilidade — algo que já não era feito há 30 anos. 

Segundo o jornal “Sol“, a empresa já respondeu às acusações e diz não existirem provas de que estas intervenções tenham sido a causa da poluição na praia no distrito de Faro.