NiTfm live

Back in Town

Lisboetas irritados com novo Jardim do Arco do Cego

O espaço esteve fechado durante sete meses e reabriu este fim de semana depois das obras de requalificação.

O Jardim é muito procurado por estudantes/Foto de O Corvo.

Há sete meses que as grades impediam a passagem para o interior do Jardim do Arco do Cego. “Requalificação de Espaços Verdes”, dizia um pequeno cartaz afixado à entrada. O espaço reabriu esta sexta-feira, 26 de janeiro, mas  aparentemente nada mudou. O relvado continua com falhas, o sistema de rega mal colocado e os bancos estão  vandalizados.

A página de Facebook “No Arco do Cego também mora gente – AMAAC” partilhou várias imagens a denunciar a situação.

“De facto, os melhoramentos saltam à vista: zonas de relvado completamente peladas, sistema de rega com aspersores mal colocados ou sem cabeças de aspersão (…) muros grafitados e zonas de circulação não niveladas”, lê-se na publicação partilhada.

Requalificação: conjunto de atividades que visam melhorar uma zona pública a nível urbanístico, ambiental, paisagístico,…

Publicado por No Arco do Cego também mora gente – AMAAC em Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2018

No cartaz afixado à entrada do jardim, que informava sobre a requalificação, lia-se que o relvado seria um dos pontos prioritários da requalificação, mas pelas fotos partilhadas pelos moradores deste bairro, parece que tudo se mantém com falhas ou por arranjar. Os baldes do lixo continuam vandalizados, assim como os muros e as redes dos canteiros.