NiTfm live

na cidade

Lime reduz os preços de desbloqueio em Lisboa para metade

É uma boa notícia para os fãs de trotinetes, mas o preço dos minutos fica igual.
Vai ficar mais barato.

Foi a primeira empresa de trotinetes a entrar em Lisboa. Agora já existe quase uma dezena. Como é cada vez mais difícil manter a liderança do setor na capital portuguesa, a Lime surpreendeu os clientes com uma novidade: o preço do desbloqueio vai cair para metade, uma medida sem prazo para terminar e que começa já esta terça-feira, 21 de maio.

O anúncio foi feito ao jornal “Observador” pela empresa norte-americana de e-scooters. Depois de entrar no mercado português em outubro do ano passado, e de ser durante algum (pouco) tempo a única marca a disponibilizar trotinetes, a Lime viu chegar a Voi, a Bungo, a Hive, a Iomo, a Tier, a Flash, a Wind, a Bird e a Frog.

Como os preços são todos iguais entre empresas — excepção feita à Flash, que tem desbloqueios a 50 cêntimos para quem estacione bem a sua trotinete num hotspot —, a Lime decidiu agora lançar a campanha “Unlock Portugal”, cuja primeira iniciativa é a redução do preço de desbloqueio das suas trotinetes elétricas para 50 cêntimos, em vez de 1€, como era cobrado até agora.

Segundo o responsável da Lime em Portugal, Luís Pinto, ao jornal online, por enquanto, esta redução do preço de desbloqueio só se aplica na cidade de Lisboa e não é nenhuma promoção temporária. O que quer dizer que “não há previsão de mexida do preço depois disto”.

No entanto, a mesma fonte adianta que a empresa vai estar “continuamente a observar a resposta dos portugueses à iniciativa” para perceber o seu impacto. A acrescentar a este preço de desbloqueio continuam os 15 cêntimos por minuto de utilização da trotinete.

Sobre as restantes medidas que a “Unlock Portugal” tem previstas, o responsável da Lime explicou que todas elas pretendem incentivar a utilização deste tipo de mobilidade sustentável e vão sendo desvendadas ao longo do tempo, sempre com a segurança como tónica dominante.