na cidade

Já não há greve do Metro esta quinta-feira

Reunião entre sindicato e Governo levou a cancelar paralisação de 19 de abril.

Já pode respirar fundo. Vai ser menos um dia com greve e transportes caóticos na capital. A greve do Metro de Lisboa que estava agendada para esta quinta-feira, 19 de abril, foi suspensa após uma reunião da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações com o Governo, anunciou a própria FECTRANS.

A paralisação tinha sido convocada pelo sindicato em março, por aumentos salariais e para exigir a contratação de 53 trabalhadores, 23 para a área da manutenção e 30 trabalhadores para a área das estações, que está prometida pelo Governo mas ainda não aconteceu.

Agora, e segundo a dirigente da FECTRANS, Anabela Carvalheira, em declarações à Lusa, foram assumidos pelo Ministério do Ambiente compromissos que vão ao encontro das exigências dos trabalhadores.

A responsável, citada pelo DN, acrescentou que foi acordado que até ao final do mês de maio serão abertos os concursos “para a contratação de 23 trabalhadores para a área de manutenção e 30 trabalhadores para a área das estações”.