NiTfm live

Na cidade

O comboio turístico do Tua vai voltar ainda antes do verão de 2020

As obras já arrancaram e devem estar concluídas em 6 meses. O plano contempla ainda novos passeios de barco na barragem.
Quase de volta.

Já começaram as obras que vão permitir que o comboio do Tua volte a circular em 2020, avança a “TVI24”. O prazo de execução do projeto é de meio ano, o que deverá levar ao arranque do plano de mobilidade ainda antes do próximo verão. Do plano faz parte a reativação de cerca de 30 quilómetros, entre a Brunheda e Mirandela, da desativada linha do Tua, com a circulação de um comboio turístico e outro para transporte das populações ribeirinhas.

O plano é uma contrapartida pela construção da barragem de Foz Tua e contempla ainda passeios de barco na nova albufeira, a cerca de 20 quilómetros da ferrovia entre a Brunheda e a foz do Tua. A barragem já está em produção, mas ainda não está terminada, com vários recuos devido às exigências de segurança na linha.

A empresa Mystic Tua, continua com a exploração do plano de mobilidade, mas as obras passaram para a Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Tua, sendo também uma contrapartida pela construção da barragem. O valor do investimento (5,6 milhões de euros) é assegurado pela EDP, a Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Tua, e Infra-estruturas de Portugal (IP).

Os promotores do plano de mobilidade reconhecem que este “tem sido um processo moroso, complexo e delicado”. “Por um lado, por se tratar de uma resposta inédita em Portugal, a afetação de uma linha férrea a exploração privada, por outro, pela exigente intervenção na infra-estrutura necessária para garantir todas as condições de segurança da linha”, referem à agência Lusa, citados pelo jornal “Público”.