NiTfm live

Na cidade

Heat the Street: estenda a roupa na rua para ajudar os sem-abrigo

No domingo, 22 de dezembro, está de volta um conceito que se estende agora a todo o País.
Agarre em tudo o que já não usa.

Na quarta edição do Heat The Street, o estendal de roupa para ajudar quem mais precisa ganhou um conceito novo e estendeu-se a todo o País. Este evento solidário começou com uma instalação na Avenida da Liberdade, em Lisboa, onde os portugueses podiam pendurar agasalhos de que já não precisavam para os doar a pessoas em situação de pobreza.

Este ano, o evento vai passar a ser um movimento sem local marcado. No domingo, 22 de dezembro, a organização desafia toda a gente a juntar a família e os amigos e pendurar pelas ruas agasalhos para doar em estendais, grades ou árvores com a etiqueta “Heat The Street”, para que todos saibam qual o seu propósito.

A ideia é que este Ruapeiro Solidário passe a ser uma nova tradição de Natal sem data fixa ou lugar marcado, para motivar as doações e iniciativas solidárias de forma mais constante e espontânea. 

A recolha dos agasalhos e acessórios quentinhos, como mantas, cachecóis e luvas, é livre. Basta ter consciência social. O Heat the Street serve não apenas para pessoas em situação de pobreza, mas também para famílias que têm o orçamento apertado e não podem gastar parte dele em roupa no inverno. 

Para participar, basta imprimir a etiqueta através do site da organização e pendurar as suas peças de forma visível numa rua movimentada — ou onde saiba que passam pessoas que poderiam precisar delas. Se quiser partilhar a boa ação nas redes sociais, pode também usar o hashtag #heatthestreet.