NiTfm live

Na cidade

Há um novo parque para cães em Matosinhos

Tem zonas verdes e de recreio, bebedouros e recetáculos de lixos. E muito espaço para eles correrem.
Mais um espaço para correrem.

Há excelentes notícias para os cães de Matosinhos e do Grande Porto — e os seus donos, claro. Depois do êxito do Parque Canino do Parque Ambiental da Ribeira de Picoutos, aberto em 2017, foi inaugurado na passada sexta-feira, 4 (Dia do Animal), um novo espaço em Matosinhos.

O Parque Canino da Seara é um parque vedado, com cerca de 1800 metros quadrados, que reúne todas as condições para que os cães circulem livremente.

Segundo a autarquia local, o espaço fica junto ao Conjunto Habitacional da Seara, em Matosinhos, e tem zonas verdes e de recreio. Tem ainda bebedouros, recetáculos de lixos e dispensador de sacos para remoção de dejetos, entre outras valências, representando um investimento superior a 30 mil euros.

Este espaço é o segundo do género no concelho, depois da construção do Parque Canino do Parque Ambiental da Ribeira de Picoutos. Este fica na zona da Mainça, em Matosinhos e tem uma área com cerca de 5 mil metros quadrados com zonas verdes, bebedouros, bancos, zonas de recreio para os cães, recetáculo de lixos e dispensador de sacos para remoção de dejetos.

Existem ainda diversos equipamentos de diversão reciclados que visam despertar o instinto e curiosidade animal, além de locais para descanso com sombra.

Depois de Matosinhos, será a vez de S. Mamede de Infesta acolher o Parque Canino do Seixo, em fase final de projeto. 

Também no Porto, no início deste ano abriu  o primeiro parque para cães da cidade, no Jardim de Paulo Vallada, conhecido como Jardim das Pedras. Neste enorme parque, situado junto da Avenida de Fernão de Magalhães existem, desde janeiro, duas grandes áreas: uma para animais de grande porte e outra para cães mais pequenos.