na cidade

Depois da estação da Encarnação, o Metro de Lisboa fecha outra

O troço do Metro entre o Aeroporto e Moscavide também vai encerrar temporariamente.

Estação do Aeroporto fechada até dia 15.

Depois do anúncio do fecho, durante mais de uma semana, da estação da Linha Vermelha da Encarnação, o Metropolitano de Lisboa anunciou agora que a circulação na mesma linha, no troço entre as estações Aeroporto e Moscavide, também vai ser temporariamente suspensa, a partir das 20 horas desta terça-feira 12 de junho, e as 6h30 de sexta-feira, dia 15.

O fecho da estação do Aeroporto está relacionado com as obras na estação da Encarnação e destina-se, adianta o metro em comunicado, a facilitar a remoção e o transporte de entulhos resultantes destes trabalhos. A decisão foi tomada no âmbito das inspeções técnicas realizadas, “para efeitos da receção definitiva da empreitada de construção” da estação Encarnação, que se vai manter temporariamente encerrada previsivelmente até ao dia 19 de junho.

A empresa diz ter desenvolvido esforços para agilizar as obras e minorizar os seus impactos e anunciou os seus clientes podem utilizar os serviços da Carris, como as carreiras 705 (Aeroporto-Moscavide) e 783 (Aeroporto-Entrecampos), com intervalos estimados de 10 minutos, bem como o serviço Aerobus, que serão reforçadas para o efeito. Os títulos de viagem Carris-Metro e os títulos diários serão aceites nas carreiras da Carris, com exceção do Aerobus.

No dia 15 de junho a estação Aeroporto reabre às 6h30, mas a estação da Encarnação mantém-se encerrada para a continuação dos trabalhos de manutenção.