Na cidade

Câmara de Lisboa usa falcões para afastar os pombos do centro da cidade

O método invulgar pretende resolver um problema que se tem agravados nos últimos anos.

Uma solução pouco comum.

O número elevado de pombos no centro de Lisboa é um problema que a Câmara Municipal de Lisboa (CML) tem tentado combater nos últimos anos. Depois de várias tentativas, chega uma solução mais arrojada: usar falcões para espantar os bandos de pombos.

Segundo o site “O Corvo“, a decisão começou a ser implementada esta semana e deverá prolongar-se durante três meses.O Rossio, os Restauradores, a Praça de Figueira e o Campo das Cebolas são as principais áreas de ação.

O objetivo não é acabar com os pombos, mas sim que eles deixem de estar naquelas zonas da cidade. Para isso, será feito o lançamento de falcões numa área entre Santa Apolónia e o Cais do Sodré.

“Vamos ver como corre. Se a experiência for positiva, poderá ser alargada a outras zonas da cidade”, explica o diretor municipal de Higiene Urbana da CML, Vítor Vieira, em entrevista ao “O Corvo”.

A mesma fonte diz que o método dos falcões já é utilizado no aeroporto de Lisboa e que tem vindo a dar bons resultados, o que também pesou na decisão da câmara.