NiTfm live

Na cidade

Os antigos conventos de Lisboa vão ter dois dias de visitas gratuitas

É a primeira edição do "Open Conventos". Será possível conhecer locais habitualmente fechados.
Antigos conventos de portas abertas.

À primeira vista, a Assembleia da República, os Armazéns do Chiado e o Museu Nacional do Azulejo não têm nada em comum, mas estes edifícios históricos já abrigaram conventos importantes de Lisboa. Agora juntam-se para participar no “Open Conventos”, nos dias 24 e 25 de maio. 

Ao todo, são 26 antigos conventos históricos de portas abertas para receber o público durante dois dias. O evento é uma parceria entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, o Patriarcado de Lisboa, a Câmara Municipal de Lisboa e a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. A ideia é divulgar este património da cidade e contar as histórias pouco conhecidas.

Na sexta-feira e sábado, os visitantes poderão participar em cinco itinerários. No dia 24 de maio, há roteiros pelos conventos da Madragoa e pelos conventos da Pampulha. Já no dia 25, os participantes passam pelos conventos do Bairro Alto, do Chiado ou pelos espaços de Sant’Anna.

Esta é a primeira vez que se promove um evento totalmente dedicado à divulgação destes edifícios com diferentes horários para visitas livres e acompanhadas por guias. Cem voluntários serão os responsáveis por acolher os visitantes e prestar informações sobre cada lugar.

Um concerto de órgão comandado por Sérgio Silva marca a abertura do evento, no dia 23 de maio, quinta-feira, às 18 horas, no Mosteiro da Igreja de São Vicente de Fora. Depois há ainda um painel com o tema “O que fazer com os conventos de Lisboa?”.

A programação completa do “Open Conventos” pode ser consultada no site da Santa Casa da Misericórdia. Para acompanhar um itinerário completo, é preciso marcação prévia através do email culturasantacasa@nullscml.pt ou pelo telefone 213 240 869 / 67 / 87.