NiTfm live

Na cidade

Esta é a solução mais cómoda e prática para chegar à praia este verão

A Kapten tem a tarifa mais baixa do mercado. Da Avenida da Liberdade à Caparica, a viagem custa cerca de 10€; e 13€ do centro histórico do Porto à praia de Matosinhos.
Não se preocupe com o trânsito.

Não interessa qual é a sua praia favorita perto das grandes cidades de Lisboa e Porto. Todas elas vão estar sempre preenchidas por toalhas e filas de carros que podem estender-se por quilómetros durante os meses de agosto e setembro.

E os problemas não se ficam pelas filas. Encontrar estacionamento é outra dor de cabeça. Só consegue deixar o carro perto do areal se lá estiver às 8 horas da manhã. E, caro leitor, todos sabemos que isso é uma missão (quase) impossível.

Seja sozinho, com um grupo de amigos ou com a família, o melhor a fazer é pedir boleia à Kapten. A empresa francesa tem a tarifa mais leve do mercado, os motoristas melhor classificados (uma média de 4,8 em 5) e oferece ainda um programa de fidelização que lhe dá várias vantagens, dependendo do seu estatuto. Além disso, vai ser a companhia perfeita para o levar à praia sem ter qualquer preocupação com o estacionamento.

No passado dia 25 de julho, às 10 horas da manhã, a NiT fez a simulação, através das apps, do mesmo percurso em empresas diferentes. Da Avenida da Liberdade, em Lisboa, à Costa da Caparica, Almada: a Bolt cobra 11,25€, na Uber a viagem custa 15,08€ e, por fim, a Kapten leva-o por apenas 10,40€. 

No Porto, do centro histórico da cidade até à praia de Matosinhos, a Kapten foi, novamente, a empresa com os valores mais baixos — 12,90€. Enquanto isso, a viagem com a Bolt ficaria a 14,10€ e na Uber a 14,30€.

O serviço da Kapten é muito simples e funciona de uma forma bastante intuitiva. Abre a aplicação, cria uma conta, chama um motorista e começa a sua viagem. Consegue sempre saber onde está o motorista e quanto tempo demora até o ir buscar.

O preço da viagem é fixo consoante o destino e não muda caso haja trânsito ou se o percurso tiver de ser alterado. O valor mínimo é sempre 2,50€ e o preço final da viagem aparece no ecrã do seu smartphone antes de fazer o pedido da viagem. 

A Kapten opera nas cidades de Lisboa, Vila Franca de Xira, Mafra, Ericeira, Barreiro, Alcochete, Montijo, Sesimbra, Setúbal e — mais recentemente — no Porto. O pagamento é compatível com cartão de crédito, MB NET e Apple Pay, serviço que chegou recentemente a Portugal.

Além de tudo isto, a empresa tem ainda um programa de fidelização onde os clientes podem trocar pontos por viagens, que variam consoante o nível em que o cliente está. No primeiro, o Red, para clientes com menos de 15 viagens por ano, cada euro gasto vale um ponto. Assim que passar as 15 viagens passa a ser Silver e a ganhar dois pontos por cada euro gasto.

No Gold e Platinum, para clientes com mais de 50 e 120 viagens anuais, por cada euro que gastar vai juntar quatro e cinco pontos, respetivamente. Assim que conseguir 400 pontos, já vai conseguir fazer uma viagem grátis nos arredores de Lisboa. O objetivo do programa é que ganhe mais pontos por cada euro gasto e, consequentemente, receba mais créditos ao recomendar os seus amigos.

A aplicação está disponível gratuitamente para sistemas iOS e Android.

Este artigo foi escrito em parceria com a Kapten.