Na cidade

Está marcada uma greve da Carris de 24 horas para agosto

O objetivo é contestar os cortes no salário e o incumprimento dos contratos de trabalho.

A 31 de agosto, quinta-feira, os trabalhadores da Carris vão fazer uma greve de 24 horas. De acordo com o que foi comunicado esta sexta-feira, 11 de agosto, pelo Sindicato Nacional dos Motoristas (SNM), o objetivo é contestar os cortes no salário e o incumprimento dos contratos de trabalho.

Por isso mesmo, foi decidido pelo sindicato avançar com uma greve que vai dar lugar à realização de um plenário geral em frente ao Conselho de Administração da Carris, na estação de Miraflores, Lisboa. A ideia é que os trabalhadores, juntamente com o SNM, cheguem a um consenso sobre o que fazer.

Os trabalhadores estão descontentes e compararam o atual governo ao de Pedro Passos Coelho. “Parece que este Governo está a seguir os ‘Passos’ do outro que o antecedeu. Aparentemente os contratos, com este Governo, também não são para serem cumpridos. Parece que, na perspetiva do Governo, os cortes salariais são para continuar”, explicaram.