Back in Town

Está marcada uma greve da Carris de 24 horas para agosto

O objetivo é contestar os cortes no salário e o incumprimento dos contratos de trabalho.

A 31 de agosto, quinta-feira, os trabalhadores da Carris vão fazer uma greve de 24 horas. De acordo com o que foi comunicado esta sexta-feira, 11 de agosto, pelo Sindicato Nacional dos Motoristas (SNM), o objetivo é contestar os cortes no salário e o incumprimento dos contratos de trabalho.

Por isso mesmo, foi decidido pelo sindicato avançar com uma greve que vai dar lugar à realização de um plenário geral em frente ao Conselho de Administração da Carris, na estação de Miraflores, Lisboa. A ideia é que os trabalhadores, juntamente com o SNM, cheguem a um consenso sobre o que fazer.

Os trabalhadores estão descontentes e compararam o atual governo ao de Pedro Passos Coelho. “Parece que este Governo está a seguir os ‘Passos’ do outro que o antecedeu. Aparentemente os contratos, com este Governo, também não são para serem cumpridos. Parece que, na perspetiva do Governo, os cortes salariais são para continuar”, explicaram.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo