NiTfm live

na cidade

Há mais um espaço verde em Lisboa onde pode aproveitar o bom tempo

Depois de nove meses de obras de reabilitação, o Jardim de Santos voltou a abrir para assinalar o início da primavera.

O jardim fica perto do Largo de Santos

Em julho de 2017, e para tristeza de muitos moradores da zona de Santos, em Lisboa, o Jardim Nuno Álvares foi encerrado, mas foi tudo por um bom motivo. Nove meses de obras e 20 mil euros de investimento depois, o espaço voltou a abrir esta quarta-feira, 21 de março, Dia da Árvore, para celebrar a chegada da primavera e do bom tempo.

A notícia foi avançada pelo site “O Corvo”, que explica o investimento por parte da Junta de Freguesia da Estrela, responsável pela gestão deste espaço verde da cidade. Segundo avança o presidente, Luís Newton, o relvado e o arvoredo do jardim foram requalificados, foram instalados bancos e mesas e plantou-se mais relva. Foi ainda colocado um parque infantil e equipamentos de ginástica um pouco por todo o jardim. 

De acordo com o Luís Newton, esta obra era uma necessidade há já algum tempo, e a Câmara Municipal de Lisboa não reconhecia esta urgência. 

“Aos fins-de-semana, destruíam tudo. Apesar de conseguirmos manter as pessoas fora, com a vedação, chegamos a vir cá, nas manhãs de sábado e domingo, e víamos garrafas partidas, que deviam ser atiradas e até fezes humanas”, disse o presidente ao site “O Corvo”.

Apesar de o jardim já estar aberto ao público, falta ainda terminar a reparação do pavimento e mudar o sistema de rega, já que o atual consome demasiada energia. 

Além do novo sistema de rega, o presidente de junta quer ainda que seja a Câmara de Lisboa a requalificar o piso e a fonte, bem como a colocar mais equipamentos no parque infantil.