NiTfm live

na cidade

Durante um mês, Lisboa vai ter passes de transportes semanais a 10€

Por causa da transição para o passe único, transportes da Área Metropolitana de Lisboa vão ter em abril um passe de sete dias.
Temos novidades.

Está a chegar a maior revolução dos títulos de transportes da área metropolitana de Lisboa. A 1 de abril, entram em vigor os passes únicos e, já a partir do próximo dia 26 de março, pode carregar o seu passe com a nova modalidade.

Uma das alterações com a entrada do passe único é que este é carregado e válido do primeiro ao último dia do mês, acabando com a validade deslizante, de 30 dias.

Por isso, soube-se esta segunda-feira, 18 de março que os transportes da Área Metropolitana de Lisboa vão ter no mês de abril um passe com o preço de 10€ e validade de sete dias, para assegurar o período transitório da implementação do novo sistema tarifário.

Segundo um comunicado do secretário da Área Metropolitana de Lisboa, Carlos Humberto, citado pela Lusa e depois pelo jornal “Público“, será “aprovada a criação, durante o mês de abril e de forma transitória para os utilizadores com passe deslizante [de 30 dias] cujo termo decorra durante o mês de abril, de um passe com âmbito geográfico equivalente ao do passe metropolitano”.

Este passe terá a validade de sete dias, “a vigorar após o termo do título deslizante e a comercializar a partir do dia 8 de abril de 2019 e até ao final desse mês”, adianta.

Esta segunda-feira, o Governo e os presidentes dos municípios da Área Metropolitana de Lisboa assinam os contratos para a entrada em vigor do passe único nos 18 concelhos da AML, que custará no máximo 40€.

O passe único acaba com as centenas de títulos combinados que existem atualmente para a utilização dos transportes colectivos e vai ter apenas duas configurações. 

Vai poder escolher entre dois passes, o Navegante Municipal de 30€ e o Navegante Metropolitano de 40€, consoante a área que queira utilizar. Ambos são para todos os transportes, o primeiro só para deslocações no concelho de Lisboa e o segundo em toda a área metropolitana.

É ainda criado o Navegante Metropolitano +65, destinado a maiores de 65 anos, reformados e pensionistas, que poderão usar todos os transportes públicos, em toda a AML, por 20€ por mês.

Os miúdos até aos 12 anos não vão pagar para usar os transportes públicos mas precisam de um cartão, o Navegante 12. Este é válido também para toda a área metropolitana (até agora, as crianças só viajavam gratuitamente dentro do concelho de Lisboa). Está também previsto um passe familiar, mas esse foi adiado por motivos logísticos.

Os carregamentos dos novos títulos continuarão a ser feitos como atualmente, nos balcões e máquinas dos operadores e em caixas multibanco.