NiTfm live

viagens

Coalas estão quase extintos na Austrália por causa dos incêndios florestais

Nos últimos meses desapareceu quase 80 por cento do seu habitat e mais de mil animais morreram.
A situação é critica.

A Austrália tem sido atingida nas últimas semanas por centenas de incêndios incontroláveis. Várias aldeias do norte e sul do país foram afetadas assim como as zonas de floresta, onde vivem os coalas. Já em maio deste ano, a Fundação Australiana dos Coalas tinha alertado para o facto de esta população estar funcionalmente extinta. A situação agravou-se com os últimos acontecimentos.

Segundo a revista “Forbes”, Deborah Tabart, a presidente da Fundação Australiana dos Coalas, estima que morreram mais de mil animais com os incêndios e que perto de 80 por cento do seu habitat foi destruído pelo fogo.

Funcionalmente extintos é um termo usado para definir uma espécie que terá tão poucos animais no seu estado selvagem que tecnicamente pode já não haver condições, ou pares suficientes, para se sustentarem mais gerações futuras.

Um coala adulto come em média dois quilos de folha de eucalipto por dia. É o seu principal alimento. Agora, com a destruição das últimas semanas, resta uma pequena área onde se poderão alimentar.

Já foi criada uma página de crowdfunding de forma a serem conseguidos fundos para ajudar os coalas que foram resgatados das zonas de fogo. O objetivo também é criar um refúgio onde possam receber tratamentos que os permitam mais tarde regressar ao habitat natural.