NiTfm live

na cidade

Campolide vai ter arranha-céus com 200 apartamentos

Em 2020, nasce um prédio com 26 andares no centro de Lisboa. Está orçado em 62 milhões de euros e fica ao lado das Twin Towers.

Projeto do arquiteto Miguel Saraiva

Uma torre de 26 andares, todos para habitação, num total de 200 apartamentos, vai nascer em Campolide, com vista para o Monsanto e o Tejo, em 2020.

A torre, que se aproxima de um arranha-céus — afinal de contas, são 80 metros, o que a tornará num dos edifícios mais altos da capital, vai chamar-se Infinity Tower e ser erguida mesmo ao lado das Twin Towers, perto de Sete-Rios.

Segundo o Expresso, o edifício foi desenhado pelo arquiteto português Miguel Saraiva mas é um investimento da empresa Vanguard Properties de Claude Berda, um magnata francês que tem investido em força em Portugal e já comprou 12 terrenos e edifícios na capital, Algarve e Comporta, para desenvolver projetos com um investimento estimado em 500 milhões de euros.

A Torre começa a ser construída até ao final do ano, e deverá estar concluída em 2020. Os preços deverão começar nos três mil euros por metro quadrado, estando previstos apartamentos do T1 ao T6.

Estão ainda projetadas áreas comuns, como jardins entre pisos, spa, piscinas, ginásio, e comércio no rés do chão, além de garagens no subsolo.

Um jardim no interior.