NiTfm live

na cidade

Câmara de Lisboa quer multar quem deixar trotinetes mal estacionadas

Autarquia vai apertar as regras do uso de e-scooters junto das operadoras e dos utilizadores.
Vêm aí mais regras.

Depois de 2018 ter sido o ano da invasão das trotinetes elétricas em Lisboa, com várias empresas a iniciar atividade na capital, a Câmara estará a preparar medidas para apertar as regras à utilização destes equipamentos.

Segundo o jornal “DN” deste domingo, 20 de janeiro, essas medidas poderão passar por multar quem deixar as trotinetes mal estacionadas. Também será limitado o número de veículos estacionados rua a rua e reforçada a fiscalização da Polícia Municipal e EMEL.

Outra solução poderá passar por criar zonas da cidade onde não se podem mesmo deixar estes equipamentos. 

A Câmara quer ainda saber, em tempo real, onde andam todas as trotinetes da cidade e as diferentes operadoras terão de o começar a fazer até ao final deste mês, sob pena de perderem a licença. A Lime já tem este sistema de tempo real a funcionar.

Em relação às multas, a autarquia fala numa coima até 30€, dirigida primeiro aos operadores e depois reencaminhada para os utilizadores que cometerem a infração.

O jornal adianta ainda que no ano passado a PSP registou seis acidentes na cidade envolvendo trotinetes.