NiTfm live

Na cidade

As melhores dicas para poupar nas suas contas de luz e gás

Pode começar por mudar alguns hábitos do seu dia a dia. Ou mais simples: aderir à tarifa "POWER PACK", da Endesa.
Conseguimos ajudá-lo a poupar.

Uma casa deve ser sinónimo de conforto. E, para que esse conforto possa existir, gastar dinheiro na luz e no gás é inevitável. O problema é que estas mensalidades são muito difíceis de controlar. As faturas de energia costumam ser as despesas mais altas dos portugueses, consumindo grande parte dos seus orçamentos familiares.

No entanto, há formas simples que podem ajudar a melhorar esta situação, como a mudança dos padrões de consumo e a adoção de novos hábitos mais sustentáveis. Abrir a porta do frigorífico com menos frequência e aquecer alimentos no microondas (abdicando do forno ou fogão) podem ser pequenos gestos que, no final do mês, fazem toda a diferença. 

Se não quer apanhar mais sustos quando recebe as suas contas por email ou por correio, preste atenção a estas cinco dicas da NiT para reduzir os valores da luz e do gás.

Escolha eletrodomésticos eficientes

Os eletrodomésticos são os responsáveis pela maior fatia da conta de eletricidade. E os números comprovam-no — o frigorífico e o congelador absorvem 30% do consumo de luz e as máquinas de lavar e secar cerca de 10%.

Mas sabe qual é a eficiência energética dos seus eletrodomésticos? As classes energéticas, de A a G (do melhor ao pior desempenho energético, respetivamente), dizem-lhe com precisão se os seus eletrodomésticos gastam (ou não) mais eletricidade do que é suposto. O melhor é optar por eletrodomésticos de classe A para poupar energia e conseguir equilibrar os gastos com a eficiência.

Adira à tarifa “POWER PACK” da Endesa

Desenvolvida a pensar na poupança e no conforto dos clientes, a “POWER PACK” é uma tarifa que lhe permite escolher um dos vários “packs” de kWh, aos quais corresponde uma mensalidade fixa durante um ano. O objetivo é que não tenha de se preocupar com os valores das contas, até porque vai pagar o mesmo todos os meses. 

Para aderir a um Power Pack, basta contactar a Endesa — mas faça-o rapidamente porque a campanha com os preços mais baixos termina já no fim de fevereiro. Pode pedir para o ajudarem a escolher o “pack” mais indicado para o seu consumo ou fazer uma simulação. O plano varia consoante vários fatores — como o agregado familiar ou a área da habitação.

Por exemplo, se escolher o “Power Pack Luz S” — indicado para duas pessoas numa casa com uma área até 80 metros quadrados — vai ter um limite de consumo anual de mil kWh  por 17,90€ por mês. Se optar pelo “Power Pack Gás S”, o custo será de 7,50€ por mês. Todos os “packs” têm uma duração anual e são renovados automaticamente. Sempre que isso acontece, os clientes recebem uma mensalidade gratuita.

Tenha alguns cuidados ao usar equipamentos de cozinha

Aproveite a capacidade do seu forno para cozinhar vários alimentos ao mesmo tempo e evite abrir a sua porta enquanto cozinha. Por cada vez que a abre durante 10 segundos, gasta mais 8% de consumo de energia. Para aquecer alimentos, prefira o microondas em vez do forno ou o fogão. Se utilizar sempre o microondas para aquecer refeições, o consumo de energia é reduzido em cerca de 60% a 70%.

Opte por lâmpadas LED

À medida que as lâmpadas incandescentes se vão fundindo, troque-as por opções de baixo consumo. Ao substituí-las por lâmpadas fluorescentes compactas ou LED, vai conseguir poupar mais alguns euros todos os meses.

Tenha em conta o tempo de vida útil de cada lâmpada indicado na embalagem. As lâmpadas mais caras são, por vezes, uma opção mais económica a longo prazo, tendo em conta o seu tempo de vida útil. 

Desligue sempre todos os equipamentos de entretenimento 

Deixar os equipamentos em standby, em vez de os desligar completamente, é sinónimo de um gasto desnecessário de luz em sua casa. Nem todos os equipamentos incorretamente desligados emitem uma indicação luminosa — alguns estão a consumir energia mesmo sem luz de presença acesa. Por isso, o melhor mesmo é desligar na tomada a sua televisão, o computador ou a PlayStation.

Segundo dados do projeto Ecocasa da Quercus, cada casa portuguesa tem um consumo médio de 193 kWh por ano em standby. Isto equivale a cerca de 4,8% na sua fatura energética anual. Além disso, se desligar todos os dias a box da sua televisão na tomada, vai conseguir poupar cerca de 17 euros por ano. 

Este artigo foi escrito em parceria com a Endesa.