NiTfm live

na cidade

Arganil vai utilizar cabras para limpar as florestas

Medida promove a recuperação das áreas afetadas pelo grande incêndio de outubro de 2017.
Uma medida original.

Com o aumento antecipado das temperaturas, a época dos incêndios também começou mais cedo e todos os cuidados são poucos para prevenir tragédias como as que se viveram nos últimos anos. Com vários concelhos a ultimar limpezas de matos e florestas, soube-se esta quarta-feira, 28 de março, que em Arganil mais de 150 cabras vão ser utilizadas para a limpeza florestal.

O projeto é financiado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa através do Fundo Recomeçar – Ambiente e conta com o apoio da Escola Superior Agrária de Coimbra (ESAC).

Segundo a agência Lusa, citada pelo jornal “Sol“, prevê-se que o rebanho de caprinos explore terrenos comunitários baldios e promova, além da rentabilidade na produção de leite e de cabritos, a gestão de combustível, sobretudo matos. Assim se reduz o risco de incêndio nas áreas florestais junto à aldeia de Cepos. A medida promove também a recuperação das áreas afetadas pelo grande incêndio de outubro de 2017.

“Essas áreas, destinadas à alimentação dos animais, funcionam como elementos sustentáveis para uma prevenção estrutural do risco de propagação de incêndios, na medida em que promovem a compartimentação dos espaços pela descontinuidade da vegetação”, explica a ESAC.

O Fundo Recomeçar — Ambiente apoia iniciativas, promovidas por entidades públicas ou privadas, que visem a recuperação do ambiente, o ordenamento florestal e a diminuição do risco de incêndio, conclui a agência.