NiTfm live

Cidade

Abriu finalmente a ciclovia do Braço de Prata

Já pode pedalar junto do Tejo e sem quaisquer restrições entre Algés e o Parque das Nações.

Foto do jornal online "O Corvo".

É a novidade mais recente da capital portuguesa: já pode circular a pé ou de bicicleta na ciclovia e passeio de calçada junto da zona ribeirinha da urbanização Jardins de Prata, em Marvila. As obras na ciclovia já terminaram há algumas semanas, mas o percurso continuava encerrado ao público e rodeado de gradeamentos. Este atraso obrigou muitos ciclistas a circularem junto dos camiões TIR que saíam do Porto de Lisboa. 

A situação foi reportada pelo jornal online “O Corvo” e em menos de 48 horas ficou regularizada. Entre a noite de terça-feira (4 de setembro) e a madrugada de quarta-feira, as barreiras impeditivas desapareceram do local. Desta forma, e a partir de agora, é possível pedalar junto ao Tejo e sem quaisquer restrições entre Algés e o Parque das Nações.

Entre a nova ciclovia e a margem do Tejo ainda decorrem os trabalhos de requalificação do espaço público previstos no projeto do empreendimento imobiliário Braço de Prata, desenhado pelo arquiteto Renzo Piano.

Existem dois troços: um junto do rio e outro que desvia para o troço final da Infante Dom Henrique. Sem grandes inaugurações, a ciclovia está oficialmente aberta ao público e todos são bem-vindos: ciclistas e pedestres. Passam assim a haver mais 150 quilómetros na rede de mobilidade para ciclistas prevista para Lisboa.