NiTfm live

Na cidade

A festa do Benfica foi bonita, mas o Marquês ficou assim

Ficaram milhares de copos e lixo por todo o lado no centro de Lisboa na ressaca das celebrações do campeonato.
Os destroços da festa.

Já se sabia que a festa ia ser épica: a vitória do Benfica na última jornada da Liga e a conquista do 37.º título de campeão nacional deram direito a romaria de milhares de pessoas ao Marquês de Pombal, buzinas, apitos, comidas e bebidas e a famosa recepção calorosa aos jogadores. O futebol foi celebrado até de madrugada.

Contudo, o que ficou depois é menos bonito: milhares de copos espalhados e lixo por todo o lado nas ruas do centro da cidade. E desta vez, quem demonstrou a crua imagem dos destroços da festa foi a própria autarquia. Muitos não terão ouvido o próprio treinador do Benfica, Bruno Lage, que em plena festa do Marquês pediu aos adeptos: “Ninguém vai para casa sem deixar a praça limpa”.

Numa publicação colocada na página de Facebook da Câmara Municipal de Lisboa, ao início da manhã deste domingo, 19 de maio, mostra-se o lixo que ficou, com uma explicação: “Após os festejos dos adeptos do Sport Lisboa e Benfica na Rotunda do Marquês de Pombal e avenidas adjacentes, foi a vez da equipa da Higiene Urbana da Câmara Municipal de Lisboa entrar em campo. Um agradecimento especial a estes homens e mulheres que rapidamente, e com enorme profissionalismo, realizaram a limpeza do local”.

Onze imagens mostram a limpeza a ser feita, e o resultado final. As centenas de comentários dos seguidores da página naquela rede social oscilam entre o elogio aos serviços e a crítica ao desperdício e sujidade. Aos muitos que se perguntavam se o centro de Lisboa estaria limpo a tempo da primeira edição de A Rua é Sua — a Avenida da Liberdade parcialmente fechada ao trânsito para usufruto dos cidadãos — fica a resposta visual de que a limpeza foi claramente assegurada ainda de noite, e bem a tempo.

Publicado por Câmara Municipal de Lisboa em Domingo, 19 de maio de 2019