Na cidade

7 festas do Dia dos Mortos que não vai querer perder

Jantares mexicanos, maquilhadores profissionais, máquinas de lança-chamas e canhões de confetti. Estes eventos vão ter tudo para celebrar a morte.

O Dia dos Mortos pode ser a desculpa perfeita para um primeiro encontro.

O Dia de Muertos (ou Dia dos Mortos, em bom português) é um dos feriados mais antigos do México, com cerca de três mil anos. Conta a História que os índios aztecas acreditavam que as portas do céu se abriam na noite de 31 de outubro para que os mortos se reunissem com as suas famílias durante dois dias.

Assim, todos os anos, a 1 e 2 de novembro montam-se altares coloridos, come-se pan de muerto — um pão doce típico da época — e pintam-se caveiras no rosto.

Por cá vai acontecer mais ou menos o mesmo. Em novembro, há 7 festas dedicadas ao Dia dos Mortos que não vai querer perder. Curiosamente só há uma que acontece de facto na data certa, mas também não vale a pena sermos preciosistas — assim até é bom porque podemos celebrar várias vezes.

Máquinas de lança-chamas, canhões de confetti e fogo de artifício com o Day of the Dead — European Tour e prémios para os mais bem vestidos no Matt’s Bar. A Fábrica Braço de Prata também vai receber a mítica festa mexicana com direito a jantar e música tradicional mexicana, já o Titanic Sur Mer vai encher-se de flores, velas e incensos.

Carregue na imagem para descobrir 7 festas dedicadas ao Dia dos Mortos que não vai querer perder.