Back in Town

Há 322 aldeias candidatas às 7 Maravilhas de Portugal

Depois dos roteiros das maravilhas naturais, da gastronomia e das praias da Costa Alentejana, vamos escolher as sete melhores aldeias. Não é fácil. 

Este ano, nas 7 Maravilhas de Portugal escolhem-se as melhores aldeias do País. São 322 as candidatas, apuradas entre 446 apresentadas que estão divididas em sete categorias – Aldeias Monumento, Aldeias de Mar, Aldeias Ribeirinhas, Aldeias Rurais, Aldeias Remotas, Aldeias Autênticas e Aldeias em Área Protegidas. 

O maior número de candidaturas vem do centro de Portugal (159), sendo que só o município de Idanha-a-Nova submeteu 27. Candidatam-se a todas as categorias, incluindo Aldeia do Mar para Penha Garcia, argumentando o mar que existia nesta região, rica em vestígios fósseis, há 480 milhões de anos.

Depois do centro, a região com mais candidaturas apuradas é o Norte (79), com aldeias como Castro Laboreiro e Montesinho . Segue-se o Alentejo, com 37; os Açores, com 23; o Algarve, com 16; e a Madeira, com 11. Em último lugar na quantidade fica a região da grande Lisboa, com sete aldeias a concurso, como Azenhas do Mar ou Lagoa de Albufeira .

A 7 de abril são conhecidos os 49 pré-finalistas, votados por um painel de especialistas. A partir dessa data e depois da aprovação do conselho científico começa a promoção das candidaturas. Os portugueses podem começar a votar a partir de 3 de julho, por chamada telefónica. As grandes vencedoras que vão constituir o guia das 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias conhecem-se a 3 de setembro.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo

outros artigos de back in town