« Na Rota Vicentina há cavalos à beira mar, uma praia secreta e até Salvador Sobral

Comece o dia a explorar ruínas em Santiago do Cacém

Visitar as Ruínas de Miróbriga é fazer uma viagem até à Idade do Ferro (ou ainda mais atrás, ninguém sabe ao certo) até ao século IV d.C. — foi nesta época que a zona foi habitada por uma povoação conhecida pelo nome Merobrica. Devido à sua localização privilegiada, entre Salacia e Lacrobia (Lagos) e entre o porto de Sines e Pax Julia (Beja), foi um dos centros urbanos mais importantes da região.

Três templos em cima de um morro, um fórum, um santuário, casas, arruamentos, edifícios públicos e um hipódromo. Leve calçado confortável, uma garrafa de água para combater o calor e, claro, a máquina fotográfica. Não se esqueça de espreitar os frescos que estão presentes em algumas casas, para perceber como era a decoração de outros tempos.

As Ruínas de Miróbriga estão abertas ao público das 9 às 12h30 e das 14 às 17h30. Fecha à segunda-feira. Quanto aos preços, os adultos pagam 3€, estudantes e reformados 1,50€ e as crianças até aos 12 anos entram à borla.

Morada: Herdade dos Chãos Salgados, Santiago do Cacém
Telefone: 269 818 460