NiTfm live

viagens

As 10 coisas mais incríveis que pode fazer em Paris este ano — sem gastar nada

De cada vez que volta à capital francesa, consegue descobrir coisas novas. Experimente só fazer as gratuitas mas perfeitas.
Há sempre muito para descobrir.

“Paris Nunca se Acaba”, já declarava o escritor espanhol Enrique Vila-Matas, no seu popular livro. A cidade tem mil encantos e recantos e pode lá ir dezenas de vezes sem nunca sequer repetir o roteiro.

O melhor é que na capital francesa muitas das diversões que encontra são gratuitas. Aliás, as coisas mais óbvias e incríveis que consegue fazer sem abrir a carteira, provavelmente já conhece ou experimentou — mas, se está a planear a sua primeira visita, há coisas que não lhe podem passar ao lado.

Basta andar pela cidade para viver momentos inesquecíveis (e instagramáveis). Pode passear pelas margens do rio Sena, explorar as ruas e a cena artística em Montmartre, onde também encontra locais de filmagens de “O Fabuloso Destino de Amélie“, ou ver a Torre Eiffel a partir da Praça do Trocadéro — ainda mais incrível se for ao nascer do sol.

Pode visitar e fotografar o Arco do Triunfo — só se quiser entrar é que paga uma pequena taxa — e o piso térreo do Sacré Coeur e a sua incrível escadaria, também sem pagar.

Se preferir, pode andar pelas lojas da Rue Mouffetard, perder-se no Le Marais, tirar fotos para as redes sociais na Rue Cremieux, Chanoinnesse ou Rue de l’Abreuvoir e explorar a Île de La Cité, que tem muito mais para ver do que a, agora infelizmente fechada, Notre Dame.

No verão surgem as Paris Plages, areia e espreguiçadeiras junto ao Sena, e no inverno os mercados de Natal — tudo grátis. Há ainda dezenas de passeios a pé pela cidade, é só procurar. E, tal como em Portugal, eventos culturais sem pagar.

Mas há outras coisas e locais mais específicos que faz a custo zero e não pode perder. A NiT reuniu os conselhos da Oficina do Turismo e dos Congressos de Paris, de plataformas de viagens como a Tripsavvy e da nossa experiência pessoal e dá-lhe as melhores dicas, de passeios de barco a aulas de culinária e recantos secretos. Carregue na galeria para conhecê-las. Spoiler alert: até o Louvre consegue visitar sem gastar um tostão.