NiTfm live

opiniao

“Casados à Primeira Vista”: alguém percebeu aquela história do Zé Pedreiro e do Anjo?

O humorista e cronista Miguel Lambertini analisa o episódio deste domingo, 17 de novembro, do formato da SIC.
Lucas e Anabela ficaram mais uma semana.

No último episódio “Casados à Primeira Vista”, transmitido este domingo, 17 de novembro, na SIC, tivemos um verdadeiro tiro no porta-aviões com a saída inesperada de um dos casais mais mediáticos do programa. Para compensar, Anabela e Lucas estão com a sua novela mexicana ao rubro e o casalinho do baile de finalistas Tatiana e Bruno está quase a dar um xoxo atrás do pavilhão.  

Mas primeiro vamos saber como foi a semana de cada um dos casais. 

Anabela e Lucas

Anabela foi uma vez mais passar a semana ao Seixal, a terra do Lucas. Na Barbearia Rocha, onde ele trabalha, um cliente conversa com o jovem sobre a vida de casal. Este idoso — que ia só fazer a barba e cortar o cabelo — foi melhor a dar conselhos matrimoniais do que todos os especialistas até hoje. A sério, deviam contratar este senhor na próxima temporada, talvez fosse a forma de conseguir que algum casal sobreviva a este programa. Diz o cavalheiro: “Uma vez por mês vão para um sítio fora da rotina para falarem um com o outro e olharem para a vossa vida” e ainda acrescenta “não atirem pedras um ao outro”. Claro que, nesta altura, Lucas olha de lado para Anabela e já só conseguia pensar no facto de não ter sexo há seis semanas, tentando conter-se para não espetar a lâmina na carótida do simpático cliente.

Mais tarde, Lucas recebe a mãe na barbearia, que apresenta finalmente à sua mulher. A sogra foi muito simpática (nos primeiros três minutos) e depois mostrou-se muito “surpreendida” por saber que Anabela esteve fora de casa uma semana. A senhora assumiu que não era aquele casamento que tinha em mente para o filho e no final percebemos que Anabela “adorou” conhecer a sogra e ficou muito “preocupada” com a opinião de que a mãe de Lucas poderá ter sobre ela. “Se não me detestar já não é mau.” Pronto, é isso, manter as expetativas no piso -3 que a partir de agora só pode “melhorar”.  

Tatiana e Bruno

“Na boca não.” A Tatiana e o Bruno continuam a ser o casal mais quiducho do programa e parecem dois miúdos do quinto ano a jogar ao “bate pé”. Ele quer dar beijinhos na boca mas ela, envergonhada, dá risinhos e não deixa, porque o professor de físico-química disse que o contacto oral pode engravidar ou pior, passar doenças, como a rinite alérgica. Na manhã do jantar de grupo, Bruno acorda e diz que sonhou a noite toda com Tatiana. “O que é que sonhaste? Não foi um filme porno, pois não?”, pergunta a malandrona da Tatiana, que é uma cockteaser de primeira, mas depois nem beijos dá. “Tu és mesmo danada… Sonhei que me encheste de beijos e disseste: agora somos marido e mulher”, diz Bruno enquanto veste o roupão da “Patrulha Pata” e as suas pantufas do “Ruca”. 

Tatiana corta o clima de romance tórrido e diz: “Bom, eu tenho de me levantar, fazer o pequeno almoço…” Força, Tatiana, para o Bruno é o costume, uma tigela de leite com papinha Cerelac. 

Inês e Hugo 

Inês passou a semana no Alqueva em casa do marido e entre mergulhos no lago e a lida do gado, acabou por gerar um mini “Quem quer Namorar com o Agricultor”, dentro do “Casados à Primeira Vista”. O Hugo gostou de ter a ajuda da mulher pela primeira vez nas tarefas do campo e, segundo consta, nenhuma das cabras fez uma cena de ciúmes, ao aperceber-se da presença de Inês no curral. Talvez soubessem que ela é irmã da Ana Raquel e isso tenha gerado alguma empatia. 

Liliana e Pedro

Na semana em que foi conhecer a família do marido, Liliana recebeu a aprovação da sogra. Menos mal, pelo menos alguém naquela família gosta da Liliana. Pedro diz que esta semana descobriu que Liliana precisa de um homem confiante ao seu lado. Ok, agora só falta descobrir quem é esse homem, Pedro. 

O Professor de Educação Física diz que veio “à procura de um amor, não de uma amiga.” e não se sente confortável com o estado da relação. Já Liliana comenta muito sorridente, “nunca estivemos tão bem, da forma como corrrrreu esta semana.” Liliana de repente está a adorar a experiência e eu acho que mais duas semanas e por ela estavam aos melos outra vez.

Inês não olha para Hugo da mesma forma.

Lurdes e Paulo

Os divorciados Lurdes e Paulo continuam em clima de namoro, embora seja o clima do Alasca. Lurdes foi conhecer os amigos de Paulo e ambos dizem que ainda estão a conhecer-se, divertem-se mas não há romantismo. Parece que ainda não é desta que Lurdes e Paulo encontram o par ideal, mas não vale a pena desesperar porque ainda há vários casais em jogo e por isso muitas opções para voltarem a trocar. Pessoalmente, aposto na Lurdes com o Lucas, que já deve estar por tudo, e porque não o Paulo com a Marta? Ele tem 52 anos, ela adorava ter 52 anos, estão perfeitos um para o outro.