OPINIÃO

Abram alas à maior Rock ‘n’ Roll Star – Liam Gallagher está de volta

O Gallagher mais novo deu ontem o seu primeiro concerto a solo e apresentou uma série de novíssimos 'Liam standards'

Liam Gallagher está de volta aos palcos.

“I am he, as you are he, as you are me and we are all together!”. Nem podia ser de outra maneira – as primeiras palavras que Liam Gallagher proferiu como artista a solo foram a citar o seu maior ídolo. John Lennon não trazia nenhuma mensagem em “I Am The Walrus” (originalmente até foi escrito como um desafio aos professores que analisavam as letras dos Beatles), mas aqui Liam podia querer muita coisa: saudar os fãs que nunca o deixaram e marcaram presença no seu primeiro concerto a solo; homenagear as vítimas dos atentados de Manchester (no palco estavam 22 velas, uma por vítima), cujas famílias receberam a totalidade dos lucros do espectáculo (enorme Liam); simplesmente fazer de John Lennon, ou não se achasse ele a reencarnação do Beatle mais temperamental. Que bom ver Liam de volta.

Estava tudo preparado. Nos stands de merchandising já se vendiam t-shirts que perguntavam “Who the fuck is Liam Gallagher?” (quero!) e a audiência já aquecera com temas dos Stone Roses no sistema de som. Sem mais demoras, Liam acendeu o rastilho da audiência com o tema que o próprio personifica: “Rock ‘n’ Roll Star”. Imagens arrepiantes:

 A setlist reuniu a maioria dos temas mais Liam dos Oasis (todos escritos pelo mano mais velho) e ainda bem. Sabe tão bem voltar a ouvir “slide in baby, together we’ll flaaaaa-y”e “let me be the one who shi-a-ines with yooooou-a” por quem sabe cantar estes versos. Que saudades. E claro, só podia vir de Liam a coragem de tocar temas do tão odiado “Be Here Now”, sendo que um deles até contou com a participação especial de Bonehead, guitarrista original dos Oasis. Pena que faltassem alguns números essenciais dos Beady Eye, nomeadamente os explosivos “Flick Of The Finger” e “Four Letter Word”. No total, o espectáculo durou 13 canções, alinhadas da seguinte forma (com links e tudo, que maravilha):
 
“Fuckin’ in the Bushes” (Oasis)
“Rock ‘n’ Roll Star” (Oasis)
“Morning Glory” (Oasis)
“Greedy Soul” (estreia)
“Wall of Glass” (estreia)
“Bold” (estreia)
“Paper Crown” (estreia)
“D’You Know What I Mean?” (Oasis)
“Slide Away” (Oasis)
“It Doesn’t Have to Be What Way” (estreia)
“You’d Better Run, You’d Better Hide” (estreia)
“Universal Gleam” (estreia)
“Be Here Now” (com Bonehead) (Oasis)
Encore:
“Live Forever” (a capella) (Oasis)

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT