NiTfm live

NiTtv

Fizemos parkour no centro de Lisboa — e o vídeo é espetacular

Ângelo Morais é instrutor na Spot Real, a única academia de parkour de Lisboa. A NiT pediu-lhe para correr e saltar pelo meio de pessoas nalgumas das zonas mais conhecidas da cidade — tudo filmado por uma GoPro presa na zona da boca, com um equipamento próprio.

Quando tinha 14 anos Ângelo Morais adorava brincar com os amigos na rua em Lisboa. Um dia começaram “a dar saltos de um lado para o outro”, sem saberem bem o que é que estavam a fazer. Na altura, parkour era uma palavra que nem sequer existia na cabeça dos portugueses.

“Descobrimos alguns vídeos de parkour no YouTube e, a partir daí, começámos a levar a atividade mais a sério e a progredir”, explica à NiT.

Agora, com 24 anos, Ângelo é um dos donos da Spot Real, a primeira academia de parkour do País, que abriu em dezembro de 2015, na zona do Beato em Lisboa — a NiT já passou por lá para testar (sem sucesso) a modalidade.

A pedido da NiT, Ângelo Morais — que tem um certificado de formação para professores, obtido em 2015 no Reino Unido —, foi do miradouro São Pedro de Alcântara até ao Cais do Sodré a fazer parkour, por entre os lisboetas. O percurso e os obstáculos foram filmados com uma mini câmara Go Pro. Nós pedimos para ele a colocar na testa, com uma fita segura e que se adapta à sua cabeça. Ele preferiu pôr a câmara na boca, com um equipamento próprio.