NiTfm live

nittv

“Eu faço as minhas marmitas para o almoço”

A NiT assistiu a um treino da apresentadora no Lagos Health Club e percebeu que ela é o maior desafio da vida do seu PT.

Foi nas aulas de educação física que Cristina Ferreira ganhou aversão à corrida: “Sempre detestei correr”, conta à NiT. Apesar de não gostar, a apresentadora é uma das milhares de mulheres que vão vestir o dorsal para a EDP — Lisboa, a Mulher e a Vida, uma prova de cinco quilómetros que acontece a 15 de maio, em Lisboa e que apoia uma causa solidária: vai angariar fundos, através do valor das inscrições, para a compra de aparelhos para o rastreio do cancro da mama.

A NiT esteve com Cristina Ferreira no ginásio Lagos Health Club, no Lagoas Park, em Oeiras. Este é o ginásio onde ela habitualmente treina com o PT Nuno Neves. Só que desta vez foi diferente. A apresentadora da TVI treinou com oito das dez leitoras que venceram o passatempo “Quem quer treinar comigo?”, que foi lançado no blogue “Daily Cristina” a propósito desta corrida solidária.

O treino aconteceu num estúdio do ginásio. Cristina Ferreira e o PT subiram para o palco e guiaram as leitoras durante esta sessão que começou com um breve aquecimento. Seguiram-se depois duas séries de um conjunto de seis exercícios, cada um com duração de um minuto. Entre eles estavam burpees, flexões, abdominais, pranchas e jumping jacks.

Apesar de treinar entre três a quatro vezes por semana, Cristina Ferreira não é uma fã do ginásio. Aquilo de que ela realmente gosta é de andar. Ainda assim, admite que praticar “exercício físico” de forma regular é essencial: “Gosto de ver pessoas aqui no ginásio de 80 ou 70 anos.Senhoras de cabelo branco todas bonitas a praticarem exercício e que se mexem com vontade. É isso que eu quero para a minha vida”, conta à NiT. E acrescenta que ela é, sem dúvida, o maior desafio da vida do PT.

Na parte da alimentação, não é nada fundamentalista e não é lá grande adepta da “moda das sementes”. Apesar de fazer as próprias marmitas e de tentar ser o mais saudável que consegue, Cristina não é capaz de recusar um bom bitoque ou um grande prato de massa.

“Eu não vejo as calorias de qualquer alimento. Mas sei que temos de comer de forma saudável porque muitas das doenças que nos aparecem está provado que têm a ver com a nossa alimentação.”