Viagens

Vídeo amador capta um tipo de aurora boreal nunca antes visto

As imagens recolhidas na Finlândia foram analisadas por Minna Palmroth, professora na Universidade de Helsínquia.
As imagens mostram luzes em forma de dunas.

Uma aurora boreal pode assumir vários formatos, como arcos, espirais ou coroas. Este fenómeno fascinante de luzes brilhantes a dançar no céu acontece quando as partículas elétricas libertadas pelo sol são atraídas até aos polos da Terra pelo campo magnético do planeta.

Apesar de poderem variar entre vários tipos de formas e cores, a maior parte deles já é conhecido pela comunidade científica. No entanto, um vídeo partilhado no YouTube pelo jornal “The Guardian” esta quarta-feira, 29 de janeiro, captou uma formação nunca antes vista.

Minna Palmroth, professora de física espacial e computacional na Universidade de Helsínquia, explicou que esta aurora boreal inédita, avistada na Finlândia este mês, pode ser explicada pela presença de perturbações na atmosfera, conhecidas como ondas gravitacionais, que também são responsáveis pelas pequenas ondas formadas ao atirar uma pedra para dentro de um lago.

A formação desta aurora boreal — descrita pela equipa de Palmroth como “dunas” — é particularmente uniforme, o que pode ser explicado por um fenómeno chamado “furo mesosférico”, em que uma onda magnética é filtrada e dobrada, o que a faz viajar horizontalmente entre duas camadas da atmosfera.

Os detalhes desta descoberta foram publicados num artigo desenvolvido por uma equipa de investigadores na revista académica “AGU Advances”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT