Viagens

Europa reabre fronteiras a 15 países — mas os EUA e o Brasil ficam de fora

Os voos não essenciais recomeçam já esta quarta-feira, 1 de julho. Conheça a lista.
Viagens vão recomeçar.

Está decidido e começa já esta quarta-feira, 1 de julho: os Estados-membros da União Europeia decidiram reabrir as fronteiras externas a partir de quarta-feira a 15 países cuja situação da Covid-19 consideram satisfatória. Para já, ficam de fora desta lista países como Estados Unidos e Brasil. 

Segundo adianta a agência Lusa, os países que podem agora realizar viagens não indispensáveis para a Europa são a Argélia, Austrália, Canadá, Geórgia, Japão, Montenegro, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Coreia do Sul, Tailândia, Tunísia, Uruguai e China — neste último caso sujeito a reciprocidade, ou seja, quando o país asiático reabrir as suas fronteiras à UE.

Tal como era previsível, atendendo à situação epidemiológica atual, não receberam ainda luz verde para retomar as ligações à Europa países como Estados Unidos, Rússia e Índia e Brasil, permanecendo também de fora da lista todos os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste.

A lista foi discutida ao longo dos últimos dias pelos embaixadores dos 27 em Bruxelas e adotada formalmente esta terça-feira, 30 de junho, por procedimento escrito pelo Conselho da UE.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT