viagens

Quem nunca quis ser o Kevin de “Sozinho em Casa”? O sonho foi real em Nova Iorque

Quatro miúdos recriaram as cenas de "Sozinho em Casa 2" na mágica cidade, e as imagens (e vídeos) são de fazer inveja.

Quatro miúdos, acompanhados pelos seus pais, viveram o sonho. O sonho de qualquer uma das milhares de pessoas que, através de um ecrã, devoraram, ano após ano, repetição após repetição, as aventuras de Kevin McCallister, interpretadas por Macaulay Culkin, nos filmes de “Sozinho em Casa“.

Na saga de John Huges e de Chris Columbus, um menino de oito anos é deixado acidentalmente para trás pela sua família, quando esta voa para Paris nas férias de Natal. 

No primeiro filme, tudo acontece na casa dos McCallister no estado de Illinois; no segundo, a história incrivelmente repete-se, mas em Nova Iorque.

Em ambos, o segredo mágico dos filmes é o facto de Kevin viver, e resolver, aventuras e perigos enquanto aproveita de forma muito particular o sonho de muitos miúdos, de comer o que quer, fazer o que quer, sem ninguém a chatear, principalmente irmãos mais velhos.

Fast forward para 2018, 28 anos depois do lançamento do primeiro filme, e a companhia inglesa British Airways, que está a celebrar o seu centenário, decidiu oferecer um fim de semana inesquecível em Nova Iorque, a quatro miúdos muito especiais.

Estes puderam “viver como o Kevin”, através de dezenas experiências emocionantes, com uma enorme produção. Todas inspiradas nas aventuras de “Sozinho em Casa 2”.

A viagem incluiu um voo VIP do Reino Unido para Nova Iorque, uma estadia no hotel Plaza  — o mesmo onde Kevin ficou— a recriação dos melhores momentos do filme, como na loja de brinquedos, e algumas surpresas preparadas por um famoso grupo de celebridades.

Pixie Lott, Millie Bobby Brown, de “Stranger Things”, e Jon Culshaw, que interpretou o papel do presidente Trump, entraram na brincadeira.

A viagem marcou o início do projeto BA Magic 100, que vai contemplar 100 ações de boa-vontade realizadas pela companhia aérea, por ocasião dos seus 100 anos.

As crianças foram selecionadas com ajuda da organização We are Futures, em parceria com rede de professores das Escolas Nacionais, líderes de clubes e profissionais.

Em conjunto, escolheram jovens inspiradores que viveram acontecimentos trágicos nas suas vidas, para lhes dar um Natal diferente. 

E tudo isto é revelado na mesma semana em que o próprio Macaulay Culkin parece nostálgico dos filmes: pois acabou de recriar, aos 38 anos, algumas das cenas mais famosas de “Sozinho em Casa 1”, para um anúncio da Google.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT