Viagens

Nesta vila italiana, os turistas não pagam estadia

A camapanha de uma pequena localidade a duas horas de Roma só é válida para quem a visite este ano.
A paisagem é incrível.

Depois das casas a um euro, há uma nova tendência nas pequenas e desertas aldeias e vilas italianas. Em San Giovanni in Galdo, na região de Molise, desespera-se tanto por turistas que as casas vazias estão a ser alugadas por períodos de uma semana a visitantes. O preço? Zero euros.

O projeto Ofereça Molise tem como objetivo atrair turistas para dar a conhecer a beleza da região, que viu muitos dos seus habitantes fugirem para as grandes cidades. A iniciatica arranca a 4 de julho e dura até 3 de outubro.

“Devido a décadas de emigração de Molise, há casas no centro das vilas que estão vazias há anos. Estas vilas belíssimas mas sem população não têm camas para turistas, por isso pensámos: como é que podemos ajudar a renascer estes centros históricos, ao mesmo tempo que encorajamos as visitas dos turistas nestes tempos difíceis?”, revela ao “The Telegraph” Enzo Luongo, o mentor do projeto.

Para poder candidatar-se a umas férias de borla, tem que preencher um formulário a explicar porque é que gostaria de visitar a região. Cada pedido tem um limite máximo de cinco participantes.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT