Viagens

Governo não exclui cenário de insolvência da TAP

Pedro Nuno Santos disse que não se pode excluir qualquer cenário para a companhia aérea, inclusivamente a insolvência.
Foto de TAP Portugal.

No mesmo dia em que a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) divulgou uma análise na qual estima que os danos da Covid-19 ao setor das viagens aéreas se estendam até 2023, o ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, disse que o Estado vai partir para uma negociação com a TAP — mas que não se pode excluir qualquer cenário para a companhia aérea, inclusivamente a insolvência.

Citado pela Lusa, o governante explicou que esta era uma possibilidade “porque o Estado não pode estar capturado, algemado numa negociação com privados”.

O governante disse também que é preciso, em primeiro lugar, clarificar com o acionista privado qual é a sua disponibilidade para acompanhar a intervenção pública, questão à qual, segundo o ministro, a TAP ainda não respondeu.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT