Viagens

A casa de Bella Swan em “Crepúsculo” está disponível para alugar no Airbnb

O espaço que ficou famoso com a saga de vampiros tem espaço para 10 hóspedes. Cada noite custa quase 300 euros.
Fica no estado de Oregon, EUA.

Era num pequeno quarto com as paredes azul turquesa cheias de fotografias e cartazes que Bella Swan, uma adolescente igual a tantas outras, adormecia todas as noites numa remota vila nos Estados Unidos. A seu lado, depois de entrar sorrateiramente pela janela, estava Edward Cullen, um vampiro com mais de cem anos, a observá-la atentamente.

Parece a antecipação de uma macabra cena num filme de terror, mas na verdade faz parte de um dos momentos mais populares do franchising “Crepúsculo“, a série de cinco filmes baseada nos bestsellers românticos para adolescentes escritos por Stephenie Meyer. Na cena, Edward (Robert Pattinson) está a observar Bella (Kristen Stewart) porque está apaixonado por ela e não por lhe querer devorar o pescoço suculento.

A casa onde este e outros momentos foram filmados era, nos filmes, onde Bella vivia com o pai Charlie (Billie Burke), chefe da polícia na vila de Folks, em Washington (EUA). Na vida real ela existe mesmo, mas fica em Saint Helens, Oregon, a cerca de quatro mil e duzentos quilómetros da localização original, na ponta Oeste do país — para que tenha uma ideia, são cerca de 39 horas de viagem de carro. 

Agora, esta casa está disponível para arrendar no Airbnb, avança a revista americana “Insider”. Os donos são um casal (Dean e Amber) e escrevem a seguinte mensagem na plataforma: “Esta casa foi usada para gravar o filme Crepúsculo! Tire fotografias para recriar as suas cenas preferidas! Jante na mesa de Charlie, que foi usada nas filmagens. Durma no quarto de Bella!”.

A casa foi construída em 1935 e tem espaço para 10 hóspedes, com cinco quartos com cama de casal (mas apenas uma casa de banho e meia). Também tem estacionamento gratuito, wifi, lareira e televisão, entre 36 outras comodidades registadas pelos hóspedes. Mas há algumas regras para quem quiser lá passar uma noite: não se pode fumar, não se pode fazer festas e não se pode levar animais de estimação. 

Entre os comentários, encontram-se hóspedes que elogiam a limpeza do espaço e a atmosfera do filme. Para intensificar a experiência “Crepúsculo”, os hóspedes espalharam vários recortes de cartão das personagens em tamanho real  pelas divisões: há um Jacob (Taylor Lautner) num quarto de visitas e uma Bella noutro e já há quem se tenha assustado quando se cruzou com eles pela casa. “Cuidado com os recortes de cartão. As minhas madrinhas de casamento apanharam um susto quando os viram no escuro”, pode ler-se.

As reservas estão disponíveis na página de Airbnb da “Twilight Swan House” (a casa dos Swan no “Crepúsculo”). Pode passar lá uma noite por 296,43€ em época baixa, ou 395,24€ em época alta e aos fins de semana. Mas se planeia dormir bem, talvez seja melhor fechar as janelas durante a noite, não vá um vampiro centenário lembrar-se de fazer uma visita.

Jacob fazia parte do trio amoroso do filme

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT