Viagens

Ilha Maurícia declara emergência ambiental após derrame de petróleo

As imagens de satélite mostram uma mancha escura a espalhar-se pelas águas.
É um adorado destino paradisíaco.

A ilha Maurícia, no oceano Índico, considerada um destino paradisíaco, está a enfrentar um grave problema. Este sábado, 8 de agosto, o governo foi obrigado a declarar o estado de emergência ambiental, após uma rutura num navio ter causado um derrame de petróleo nas águas.

“O nosso país não tem as competências nem os conhecimentos para retificar a posição de navios encalhados e pedi a ajuda da França e do Presidente Emmanuel Macron”, adiantou Pravind Jugnauth, primeiro-ministro, numa publicação nas redes sociais.

Segundo a “CNN”, o navio em causa transportava transportava cerca de quatro mil toneladas de gasóleo e petróleo num percurso entre a China e o Brasil. Encalhou a 25 de julho no sudeste da ilha Maurícia.

O primeiro-ministro das Maurícias anunciou a decisão depois de as imagens de satélite terem mostrado uma mancha escura a espalhar-se pelas águas perto de áreas que o governo considera “muito sensíveis” a nível ambiental.

“Esta é uma grave crise ambiental e ainda não estamos cientes de todas as consequências que pode ter. Também é terrível para as Maurícias, cuja economia é baseada no turismo e já foi severamente afetada pela pandemia”, disse Younous Omarjee, membro do parlamento europeu,  à “CNN”.

A imagem de satélite.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT