Viagens

Estudo revela que as Maldivas podem sobreviver à subida do nível do mar

Nova investigação sugere que ilhas de recifes de corais terão uma capacidade natural para se adaptarem.
Boas noticias.

Depois de anos e de vários estudos a preverem o pior para as mais pequenas, paradisíacas e aparentemente vulneráveis ilhas do mundo, como as das arquipélagos das Maldivas, afinal a sua natureza e essência poderão protegê-las das consequências da ação humana.

De acordo com um novo estudo internacional liderado pela Universidade de Plymouth, Reino Unido, as previsões de que o aumento do nível do mar causado pelo aquecimento global fará com que muitas ilhas fiquem submersas podem não se tornar realidade. A investigação alega que as ilhas de recifes de corais podem, em teoria e segundo vários modelos, adaptar-se naturalmente para sobreviver ao aumento dos níveis da água. Isto devido à transferência de sedimentos para a superfície da ilha.

O estudo combina experiências físicas com modelagem de computadores para simular como as ilhas de recife podem responder quando o nível do mar subir. E calcula que as ilhas arenosas ou de cascalho se conseguem adaptar à medida que o nível do mar aumenta.

De acordo com o professor Gerd Masselink, que liderou a pesquisa, ao jornal, “as ilhas de recifes de coral estão entre os ambientes costeiros mais vulneráveis ​​do planeta”. No entanto, “pouca atenção foi dada à robustez e adaptabilidade natural” dessas ilhas. Elas “desenvolveram-se ao longo de centenas a milhares de anos como resultado das condições energéticas das ondas, removendo o material da estrutura do recife e depositando o material na parte traseira das plataformas, criando ilhas”, conclui.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT