viagens

Nolla, a primeira cabana de glamping com pegada zero na Finlândia

Neste espaço tudo é renovável — tal como na incrível natureza que a rodeia.

Um cenário idílico.

Esta pequena e adorável cabana é quase um holograma — em termos ambientais, é como se ela não existisse. Nolla (que significa “Zero”, em finlandês) é a primeira casa zero resíduos, zero vestígios e zero pegada fóssil da Finlândia. Já esteve disponível para alugar no Airbnb a uns incríveis 30€ por noite, mas claro, esgotou em poucos dias. 

A Nolla ficou disponível no final de julho na plataforma e foi uma loucura no país. A coisa não é para menos: mesmo sem qualquer característica adicional, a cabana em jeito de glamping eco fica na incrível e pitoresca ilha de Vallisaari, a cerca de 20 minutos de barco de Helsínquia, completamente perdida no meio da natureza, num cenário que parece saído de um filme.

Não é um catálogo: para ficar na Nolla (ou neste momento para a visitar, isso pode, já que está esgotada) só tem de ir a Helsínquia e apanhar um barco —  ou melhor: uma jangada, já que a ecologia aqui é sempre a prioridade.

Criada pelo designer finlandês Robin Falck para a Neste, o maior produtor mundial de diesel renovável, a Nolla é pouco maior do que um quarto minúsculo e foi construída inteiramente com materiais sustentáveis. Mas as preocupações ambientais não se ficam por aí: o fornecimento de energia da cabine também é renovável, já que a eletricidade é gerada por painéis solares. O fogão é movido a diesel renovável, feito a partir de resíduos.

O aquecimento funciona com diesel renovável e até a tal jangada que faz a ligação entre o continente e a ilha utiliza este combustível sem pegada.

Na Nolla não existe água corrente. Segundo os responsáveis, ninguém precisa de chuveiros, quando há tanto mar ali ao pé. Os hóspedes são instruídos a deixar um impacto ambiental mínimo. E nem pensar em fazer lixo.

A casa é projetada para ser móvel. Não foi precisa maquinaria pesada para a construir. Na Finlândia, pelo menos, o impacto da Nolla é tão mínimo que, caso fossem construídas mais cabanas, não seriam precisas quaisquer permissões oficiais. No fundo, este modelo pretende mostrar ao mundo que existem soluções para uma vida diária de baixo impacto ambiental, baseada na auto-suficiência e em soluções renováveis — gerando emissões mínimas ou inexistentes. 

A Nolla esteve na ilha de Vallisaari desde julho e por lá ficará até ao final de outubro, com as reservas feitas via Airbnb por apenas 30€ por noite. Claro que com este preço e esta vista, a cabana tornou-se um fenómeno de popularidade nas contas de Instagram dos vizinhos. 

Chegou a receber festas e a oferecer noites em passatempos, sempre mantendo o princípio de pegada zero. Mas o seu futuro é uma incógnita. A NiT contactou a Neste, que assegurou que a cabana não deverá ficar naquela zona. A haver uma próxima morada, será anunciada em breve na sua página oficial.

Os lucros gerados pelo aluguer da cabana serão reinvestidos num mega projeto ambiental: o Zero Island Project. O local escolhido para este plano tão ambicioso foi uma ilha a norte de Estocolmo, a Lidö — que já foi declarada como um local de conservação natural mas é uma atração popular para milhares de turistas, especialmente no verão.

Com as suas pitorescas casas de madeira vermelha e branca, a natureza intocada e uma atmosfera de vida pacífica, Lidö é um ambiente idílico. O objetivo é que nada mude. Por isso, o projeto promete tornar a ilha inteira livre de combustíveis fósseis num ano, mudando tudo: agricultura, transportes, energia, resíduos, iluminação, gestão da água.

Carregue nas fotos da galeria para conhecer melhor esta incrível cabana “Zero”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT