Viagens

Centenas de elefantes apareceram mortos no Botswana — e ninguém sabe porquê

São mais de 350, parecem ter caído desamparados e teme-se mais vítimas. Só as análises poderão revelar a causa da catástrofe.
O mistério está por desvendar.

É um mistério. Nos últimos dois meses, centenas de elefantes mortos têm sido encontrados espalhados pelo delta do Okavango, no Botswana. Contam-se mais de 350 e ninguém sabe porque é que isso está a acontecer. O país que é a casa da terceira maior população de elefantes no mundo está a investigar, mas para já não há conclusões.

“[Os conservacionistas] avistaram 169 elefantes mortos num voo de três horas. Um mês depois, as investigações levaram a mais carcaças, elevando o total para 350”, revela à “BBC” Niall McCann, membro da National Park Rescue. A caça furtiva está, para já, eliminada da lista de possíveis explicações, dado que o governo revelou que as presas de marfim não foram removidas dos animais.

Morreram mais de 350 elefantes

Outra possibilidade avançada é a do envenenamento natural por antrax, que terá vitimado 100 animais em 2019. O mais bizarro é que parece que só os elefantes estão ser afetados e, por isso, McCann retirou esta causa da lista de explicações.

A forma como os animais são encontrados está também a intrigar os investigadores. Muitos aparentam ter caído ao chão desamparados e outros animais foram vistos a caminhar em círculos. Por enquanto, nenhuma explicação poderá ser totalmente descartada. O governo local revelou esta quinta-feira, 2 de julho, que já pediu a três laboratórios estrangeiros para procederem a análises detalhadas aos cadáveres, na tentativa de encontrar a explicação.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT