Viagens

104 dias depois, Torre Eiffel reabre aos turistas — mas sem elevador

Um dos monumentos mais icónicos do mundo já começou a receber visitantes. Com segurança e limites, claro.
O mundo adora a Torre Eiffel.

Mais de 100 dias depois do fecho por causa da pandemia do novo coronavírus, a Torre Eiffel está de volta. O símbolo de Paris que é também um dos monumentos mais conhecidos e importantes de todo o mundo, reabriu aos turistas na manhã desta quinta-feira, 25 de junho, exatamente 104 dias após o fecho.

Segundo a agência de notícias AFP, citada pela Lusa, trata-se de uma reabertura parcial e com regras: o regresso acontece com rigorosas medidas de segurança, que incluem a recomendação de compra de bilhetes online, o uso de máscaras obrigatório e uma sinalização exibida em todo o monumento para administrar a ordem dos visitantes, cujo número será limitado tanto nos pisos quanto na entrada da torre.

A desinfeção dos espaços públicos é regular e inicialmente o acesso será feito exclusivamente por escadas e até ao segundo andar, com a entrada na ala leste e a saída na ala oeste para minimizar o contacto entre os visitantes. O elevador principal não abrirá por enquanto, não havendo acesso ao terceiro piso e o seu uso dependerá da evolução da pandemia.

Na manhã desta quinta-feira, os primeiros 50 turistas subiram as escadas da torre até ao segundo andar (de três), por ocasião da reabertura parcial, que contou com a presença de jornalistas de todo o mundo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT